LIGA INTERPROFISSIONAL DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA DA UNIFAL-MG (LIE-MG)

Apresentação
A Liga Interprofissional de Urgência e Emergência da UNIFAL-MG (LIE-MG) tem como objetivo fomentar o desenvolvimento de ações que articulem ensino, pesquisa e extensão na área de urgência e emergência, visando à formação permanente de recursos humanos qualificados, que orientados pela interprofissionalidade, atuem como multiplicadores e auxiliem a atender às prementes demandas desta área no contexto loco-regional no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), particularmente na Rede de Atenção às Urgências. A LIE-MG será regida por estatuto próprio, que será registrado no Centro Acadêmico do curso de graduação em Medicina e também no Centro Acadêmico do curso de graduação em Enfermagem assim que este iniciar formalmente suas atividades.

Introdução
A Liga Interdisciplinar de Urgência e Emergência da UNIFAL-MG (LIE-MG), assim como as demais Ligas Acadêmicas (LA), tem sua fundamentação na tríade ensino, pesquisa e extensão. Visa, portanto, à contribuição para formação cidadã dos profissionais de saúde, promovendo a interdisciplinaridade, materializada na interprofissionalidade, estimulando o interesse pela pesquisa, favorecendo a complementação dos projetos pedagógicos vigentes, além de possibilitar a socialização dos saberes com a comunidade loco-regional, interna e externa. A motivação para proposição deste projeto deriva da constatação de lacunas de estratégias que operem competências interprofissionais na formação dos profissionais de saúde para as situações de emergência. Sabe-se que as demandas crescentes nos serviços de urgência e emergência em todos os níveis, perpassando a atenção primária até os leitos de Terapia Intensiva, têm requerido profissionais qualificados, mesmo no contexto da formação generalista. A título de ilustração, no Brasil, as causas externas alcançaram a terceira maior causa de morbimortalidade entre a população total no ano de 2010. Quando analisado o agrupamento de pessoas por faixa etária de 10 a 39 anos, as causas externas atingem o primeiro lugar entre as causas de morte no país. Em face deste contexto, observa-se que o país vem reorganizando as portas de entrada do Sistema Único de Saúde, particularmente os serviços de urgência e emergência (BRASIL, 2009; 2011). Assim, esforços têm sido empreendidos com vistas a estruturar uma rede de atenção às urgências, que contemple a assistência adequada às situações agudas, desde o âmbito pré-hospitalar, móvel ou fixo, até o componente hospitalar (BRASIL, 2011; 2013). Consoante a esta necessidade, tem havido uma preocupação especial em considerar a capacitação dos recursos humanos necessários nestes serviços, que possuem natureza muito particular (BRASIL, 2013). Nesta perspectiva, entende-se que, ao indissociar as ações de ensino, pesquisa e extensão, as ligas acadêmicas podem contribuir para o aprofundamento de conteúdos da graduação, além de compartilhar com a população os resultados das suas atividades (BASTOS et al., 2012). Portanto a proposta de criação da LIE-MG representa uma estratégia para potencializar a formação de recursos humanos que atendam às transformações hodiernas nos serviços de saúde.

Objetivo Geral
Complementar a formação integral dos estudantes dos cursos de graduação em enfermagem e medicina da UNIFAL-MG por meio de estratégias que articulem o ensino, a pesquisa e a extensão.

Objetivos Específicos
- Integrar as ações desenvolvidas pela liga à formação crítica-reflexiva dos acadêmicos de enfermagem e medicina. - Proporcionar a interlocução entre as estratégias de ensino, pesquisa e extensão que estimulem nos estudantes o interesse pela área de urgência e emergência. - Favorecer a consolidação de recursos humanos multiplicadores que possam socializar saberes com a comunidade externa. - Estimular o interesse para desenvolvimento de trabalhos de conclusão de curso e iniciação científica, mestrado e doutorado nesta área. - Desenvolver grupos de estudo e discussão, oficinas, palestras, práticas simuladas interprofissionais e seminários envolvendo a área de urgência e emergência.

Justificativa
A nossa experiência docente, tanto nas atividades de ensino de graduação quanto na pesquisa, permitiu observar alguns aspectos que podem ser potencializados na formação dos alunos dos cursos da saúde. Parte-se da necessidade de constituição de espaços que potencializem o desenvolvimento dos acadêmicos, não apenas em sua vertente instrumental. Para tanto, é preciso que se leve em conta as tecnologias leves que se dão nos espaços intersubjetivos de aprendizado, entre os pares, e a comunidade, interna e externa. Tem-se em vista que, por meio das ações da Liga, se poderá proporcionar um lócus favorável a isto, quer pelas ações entre o próprio grupo, quer naquelas extra-institucionais. Consequentemente a isso, espera-se contribuir para formação de enfermeiros e médicos, que pautados pela interdisciplinaridade, correspondam às necessidades de saúde da população no que tange às situações urgentes e emergenciais, e se constituam agentes transformadores por meio de práticas interprofissionais nos serviços de saúde. Nesse cenário, a LIE-MG desponta como mais um recurso que pode contribuir para superar as divisões, tão prementes no campo da saúde, e avançar para além das barreiras, físicas e culturais que marcam a estruturação dos cursos e da formação no campo da saúde (COSTA, 2016) e especificamente no âmbito da urgência e emergência.

Beneficiário
Acadêmicos dos cursos de graduação em enfermagem e medicina da UNIFAL-MG.