PROJETO HISTOLOGIA INTERATIVA

Apresentação
O Projeto Histologia Interativa é voltado para a construção coletiva, e a consequente manutenção de um atlas virtual da coleção de lâminas da Unifal, para auxiliar os alunos no entendimento das aulas práticas, para reforçar o entendimento teórico com textos e questionários, auxiliando o estudo da histologia. O referido projeto já vem sendo desenvolvido há aproximadamente um ano por alunos dos cursos das áreas da saúde e biológicas da Unifal, nesta etapa, as lâminas serão discutidas e reordenadas, com a ampla participação de um grupo de docentes e discentes, extensivo à comunidade acadêmica externa. Esse trabalho é de grande relevância dado o auxílio que presta, ao ampliar o acesso ao material de estudo, uma vez que substitui o uso das lâminas de vidro em microscópios.

Introdução
A histologia é um ramo das ciências morfológicas que estuda os tecidos animais e vegetais. Entretanto nas áreas de ciências biológicas e da saúde são abordados apenas os tecidos animais. E, mais especificamente, humanos. Em seu sentido mais amplo, a palavra histologia é usada como sinônimo de anatomia microscópica, devido a englobar não somente a estrutura microscópica dos tecidos, mas também a das células, órgãos e sistemas orgânicos (GARTNER & HIATT, 2007). Tecido é um conjunto de células que apresentam a mesma função geral e a mesma origem embrionária. Diríamos a mesma função geral, pois um tecido apresenta uma ou mais funções gerais (KIERSZENBAUM, 2012). A histologia não se limita somente ao estudo da estrutura do corpo; ela também trata das funções deste. Na verdade, a histologia possui uma relação direta com outras disciplinas e é essencial para a compreensão destas. A histologia se entrelaça às disciplinas de anatomia, citologia, bioquímica, fisiologia entre outras. Desta forma, o estudante das áreas biológicas e da saúde, reconhecerá a importância dessa matéria quando precisar recorrer aos seus conhecimentos enquanto estuda os demais conteúdos do curso (GARTNER & HIATT, 2007). O tamanho pequeno das células e dos componentes da matriz extracelular torna a histologia dependente do uso de microscópio. O procedimento mais usado no estudo dos tecidos é a preparação dos cortes histológicos para posterior visualização no microscópio. No microscópio de luz, também chamado de microscópio óptico, a imagem pode ser examinada porque um feixe de luz é transmitido através do corte (JUNQUEIRA & CARNEIRO, 2013). Várias técnicas foram desenvolvidas para preparar os tecidos a serem estudados de modo que eles mantenham um aspecto muito próximo ao seu natural in vivo. As etapas envolvidas são a fixação, a desidratação, a diafanização, a inclusão em um meio apropriado, a microtomia (cortes em fatias finas que permitam sua visualização por transiluminação), a montagem em uma superfície que facilite o seu manuseio e, finalmente, a coloração, a qual permite a diferenciação dos vários componentes teciduais e celulares (KIERSZENBAUM, 2012). Com o advento da tecnologia de computadores criou-se um meio de captura de imagens digitais sem o uso de filme fotográfico. Seu formato digital possibilita a transmissão eletrônica destas imagens por correio eletrônico ou distribuição via internet.

Objetivo Geral
O Projeto Histologia Interativa visa à criação de um grupo multidisciplinar de trabalho, do qual se originará por elaboração coletiva um atlas virtual da coleção de lâminas do laboratório de aulas práticas da UNIFAL-MG, assim como sua manutenção; este será utilizado nas disciplinas de Histologia Básica, dos Sistemas e Bucal, oferecidas para os estudantes dos cursos das áreas biológicas e da saúde

Objetivos Específicos
• Criação de um grupo de trabalho interdisciplinar para discussão das lâminas e elaboração do atlas virtual. • Auxiliar os alunos no aprendizado da histologia durante as aulas práticas. • Se necessário substituir o uso das lâminas histológicas de vidro, pelas lâminas virtuais, aumentando desta forma a variedade de cortes histológicos estudados. • Permitir aos estudantes identificar os diferentes órgãos e tecidos num corte histológico pelas suas características, identificando seus componentes. • Reforçar o conhecimento das aulas teóricas através dos cortes histológicos, textos complementares e questionários. • Atualizar o método de ensino tradicional utilizando-se de facilidades tecnológicas já conhecidas e amplamente utilizadas. • Auxiliar estudantes e professores das áreas biológicas e da saúde a sanar suas dúvidas no que diz respeito à disciplina e aos cortes histológicos de diferentes órgãos e tecidos.

Justificativa
A disciplina de Histologia tem como objetivo fornecer conhecimento da histomorfologia e histofisiologia dos tecidos. Esta disciplina fornece embasamento teórico-prático para os estudantes das áreas biológicas e da saúde e que será bastante útil para a interação com outras disciplinas oferecidas pelo Departamento Básico, como Anatomia e Fisiologia. Assim, para o bom desempenho e entendimento da disciplina a aula prática torna-se importante, pois é através dela que o estudante consegue visualizar o que é ministrado durante as aulas teóricas. Com o avanço dos recursos tecnológicos, é possível documentar de maneira organizada e didática a coleção de lâminas utilizadas durante as aulas práticas de histologia. Tornando-se possível proporcionar aos alunos, um método de estudo à distância muito utilizado por diversas universidades, a fim de complementar o trabalho desenvolvido no sistema presencial. Cabe ressaltar que de maneira alguma o atlas virtual substituirá o trabalho realizado em sala de aula, ou mesmo descartará a leitura complementar de livros textos, pois o atlas apresentará apenas legendas relativas às imagens e textos complementares, contribuindo apenas para o entendimento final.

Beneficiário
Alunos de graduação e pós graduação, professores e profissionais da área biológica e da saúde