DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA: ECOLOGIA, EVOLUÇÃO E EDUCAÇÃO

Apresentação
* Esse projeto tem o intuito de divulgar ciência e educação para a comunidade, tanto acadêmica quanto externa. Os assuntos que vamos divulgar são relacionados à biologia, mais ligados à área ambiental especificamente, que é a nossa área de atuação, mas nem sempre os temas serão específicos. Pretendemos divulgar também sobre assuntos macia, educação como um todo, ética, filosofia da ciência, etc. com o intuito de não restringir o público à biólogos ou estudantes de biologia. Divulgaremos também algumas profissões ou atividades não acadêmicas que biólogos podem desempenhar, que é uma preocupação daqueles alunos que não gostam de pesquisa e/ou querem trabalhar em uma área mais aplicada, ou ainda que ainda estão em dúvida sobre a profissão e as sub-áreas que podem seguir. A divulgação será feita através de um programa em áudio (podcast), vídeo (canal do youtube) ou texto (blog ou fanpage Facebook).

Introdução
O entendimento da ciência muitas vezes está restrito a um seleto grupo de pessoas, apesar dos mecanismos de busca e o fácil acesso a informação, a linguagem usada muitas vezes limita os leigos ou dificulta sua compreensão. A ciência é produzida para ser absorvida, utilizada e compreendida por todos, infelizmente o conhecimento produzido pela academia, fica cerceada aos próprios membros. O que existe é um falso acesso às informações. Em muitos meios, a comunicação científica acontece através de publicações em periódicos acadêmicos-científicos, em eventos (congressos, simpósios). Ou seja, essas informações ficam reservadas a um grupo específico de pessoas (Bueno, 2010). Para maior e melhor difusão dessas informações na sociedade precisa-se de novas ferramentas, capazes de aumentar a demanda de pessoas “cientificamente fluentes”. O termo "alfabetização científica", sofreu diversas dificuldades de traduções (Sasseron et al., 2016), mas para muitos autores a "alfabetização científica" acontece a partir do entendimento da natureza da ciência, dos impactos e tecnologias geradas pela ciência ( Miller, 1983). É preciso que exista o acesso às informações de maneira pública e simplista. Nesse contexto surge a divulgação científica, que existe desde do século XVIII, onde as pessoas se reuniam em anfiteatros e mostravam as inovações tecnológicas (mecânicas, elétricas), realizavam palestras sobre atualidades nas áreas (química, física, medicina). Atualmente, essa divulgação acontece através dos veículos de comunicação, textos (revistas, jornais, blogs, redes sociais), plataformas audiovisuais (rádios e redes sociais) (da Silva, 2007). Há poucos anos atrás, os professores eram detentores de saber absoluto, mas a mudança desse cenário aconteceu de forma rápida, com o desenvolvimento de novas tecnologias que permitem o acesso instantâneo e muitas vezes ilimitado à informação, uma inversão de papéis passa acontecer quando professores desconectados estão ensinando para alunos extremamente conectados (Chassot, 2006). O objetivo do programa é fazer divulgação científica para os leigos através de plataformas tecnológicas mais modernas e de longo alcance. Os assuntos que vamos mencionar são mais relacionados a biologia, mais ligados à área ambiental especificamente, que é a nossa área de atuação, mas nem sempre. Escolhemos as plataformas digitais como áudio (podcast), vídeos (Youtube) e textos (mídias sociais – Facebook) para alcançar jovens de maneira mais eficaz. Hoje a grande maioria dos jovens possuem aparelhos celulares com sistemas operacionais que possibilitam o acesso rápido à informação, para atender essa demanda conectada a ciência também deve se modificar, tornando-se mais acessível e prática.

Objetivo Geral
Divulgar ciência sobre ecologia, evolução e educação utilizando a tecnologia e redes sociais atuais (podcast, youtube, blog e facebook).

Objetivos Específicos
1. Divulgar tipos de empregos/trabalhos não acadêmicos 2. Divulgar trabalhos acadêmicos 3. Divulgar atividades acadêmicas de graduação e pós-graduação 4. Divulgar artigos e assuntos atuais em ecologia, evolução e educação

Justificativa
É muito importante tentar aproximar a produção acadêmica das pessoas fora das universidades. O conhecimento científico está cada vez mais especializado e em maior quantidade. Fazer uma curadoria, ou seja selecionar os aspectos mais importantes de cada tópico científico relevante e passar para as pessoas que não são da área específica com uma linguagem acessível é um dos desafios mundiais de todo cientista. Além desse objetivo, o projeto também vai treinar jovens universitários a fazerem isso tentando plantar a semente da divulgação científica em cada um deles.

Beneficiário
Todos os membros da comunidade acadêmica ou não que se interessem pelo assunto.