III OLIMPÍADA BRASILEIRA DE GEOGRAFIA

Apresentação
A proposta tem como objetivo organizar a 3 Olimpíada Cientifica de alcance nacional que tem por finalidade difundir o conhecimento do planeta Terra e as complexas relações com os seres humanos. A primeira Olimpíada Geo-Brasil (OGB) foi organizada em 2015, recebeu patrocínio da chamada MCTI/CNPq/MEC/CAPES/FNDE nº 43/2014, tendo a participação de mais de 25.000 alunos e a 2 OBG teve mais de 35.900 inscritos. Em ambas as edições teve a organização do Instituto de Geociências – Unicamp. III Olimpíada Geo-Brasil será etapa de seleção de alunos para participar da International Geography Olympiad – iGeo em Quebec - Canadá. Em 2015 o Brasil participou da iGeo na Russia, porem com o Coordenador do Projeto como observador. Em 2016 o Brasil participou da iGeo com uma equipe formada de 2 team leaders e 3 alunos. Pretende-se ainda selecionar alunos para participar da International Earth Science Olympiad – IESO em 2018 em colaboração com a equipe da Olimpíada Brasileira de Agropecuária - OBAP.

Introdução
Preenchimento não necessário

Objetivo Geral
O objetivo desta olimpíada é estimular um espirito voltado para inovação nos alunos do ensino médio brasileiro através do interesse para o conhecimento geográfico que com o seus olhar sobre o espaço e as relações permite desenvolver uma visão do espaço como um todo que leva a pensar soluções mais sistêmicas e holísticas.

Objetivos Específicos
Preenchimento não necessário

Justificativa
O crescimento demográfico definido nos últimos séculos e de forma mais expressiva pós o advento da Revolução Industrial, culminando em processos assistidos nos últimos decênios pela globalização econômica e da informação, está fazendo crescer a pressão antrópica sobre o meio ambiente em diferentes escalas. Mudanças climáticas, estiagem, e desastres naturais são só alguns aspectos deste confronto com a natureza. As novas gerações precisam achar respostas inovadoras para seu próprio desenvolvimento e sobrevivência. A Olimpíada Geo-Brasil visa estimular esta reflexão nos jovens do ensino médio e aproximá-los das carreiras científicas, pesquisa e inovação, aplicação de conhecimentos científicos e geográfico; enfrentamento de situações desafiadoras e cooperação e integração entre os envolvidos na Olimpíada. Considera-se como meta motivar a participação dos discentes em atividades de iniciação científica e desenvolvimento regional para melhoria do ensino público de nível básico. Espera-se, ainda aproveitar o contato com os professores participantes para oferecer material e atividades para a sua formação para estimular novas técnicas de ensino.

Beneficiário
Alunos e professores do Ensino Fundamental II e Ensino Médio de escolas públicas e privadas de todo o Brasil.