CUIDADOS PALIATIVOS: DA TEORIA À PRÁTICA, DA UNIVERSIDADE PARA A SOCIEDADE

Apresentação
O Programa "Cuidados Paliativos: da teoria à prática, da universidade para a sociedade" tem como objetivo desenvolver atividades nas áreas de ensino, pesquisa, extensão e cultura com vistas a favorecer a disseminação do conhecimento acerca dos Cuidados Paliativos entre a comunidade acadêmica e a sociedade, além de contribuir para a formação de alunos e profissionais de saúde na área. O Programa será composto por três projetos de extensão. Ainda, promoverá a realização do III Simpósio de Cuidados Paliativos e Dor da UNIFAL-MG.

Introdução
O termo paliativo vem do latim pallium, que quer dizer aquilo que “protege”, “alivia” e “defende”. Os cuidados paliativos prestados por uma equipe multidisciplinar representam uma filosofia de cuidado que visa melhorar a qualidade de vida do paciente e de sua família, frente a uma doença que ameaça a continuidade da vida. Tem como principal objetivo a prevenção e alívio do sofrimento, por meio de sua identificação precoce, tratamento da dor e de outros problemas físicos, psicossociais e espirituais. Os profissionais de saúde devem desenvolver competências para cuidar, ouvir, demonstrar empatia e compreensão do sofrimento do outro. Outro aspecto a ser evidenciado nos cuidados paliativos é a atenção dispensada à família do enfermo, uma vez que esta também vivencia grande sofrimento durante o processo de adoecimento e morte de seu ente, o que demanda atenção e cuidados específicos por parte da equipe de saúde. No campo dos cuidados paliativos, é indispensável que o cuidado seja realizado por meio da prática interdisciplinar de uma equipe de saúde composta por profissionais de diversas disciplinas, visto a necessidade de um cuidado integral ao paciente e sua família. De acordo com a literatura, há a necessidade de capacitação dos profissionais de saúde para atuarem na área de cuidados paliativos, sendo que a falta de abordagem deste conteúdo durante os cursos de graduação é apontada como um indicador desfavorável ao desenvolvimento dos cuidados paliativos (PASTRANA et al., 2014; FLORIANI, 2008). Ainda, questões como a falta de preparo dos profissionais de saúde em cuidados paliativos e a falta de conhecimento da população acerca deste tipo de cuidado dificultam o acesso a esta abordagem em saúde tão necessária.

Objetivo Geral
Favorecer a disseminação da temática dos Cuidados Paliativos entre a comunidade acadêmica da UNIFAL-MG e entre e sociedade de forma geral.

Objetivos Específicos
Contribuir para a disseminação da temática dos Cuidados Paliativos entre a comunidade acadêmica da UNIFAL-MG por meio do projeto de extensão "Conversando sobre Cuidados Paliativos"; contribuir para a disseminação da temática entre a sociedade por meio dos eventos a serem realizados (palestras, simpósio, entre outras); contribuir para a educação permanente dos profissionais da atenção básica de Alfenas na área de cuidados paliativos por meio do projeto de extensão "Roda de conversa em cuidados paliativos na atenção primária à saúde"; contribuir para o desenvolvimento profissional de alunos de cursos de graduação da área de saúde da UNIFAL-MG por meio do projeto de extensão "Desenvolvimento humano e escuta terapêutica" que visa beneficiar os alunos, contribuindo para o desenvolvimento de habilidades relacionadas à comunicação (essencial na abordagem relacionada aos cuidados paliativos), e pessoas da comunidade por meio do oferecimento de momentos de escuta terapêutica.

Justificativa
O Programa se justifica pela demanda de disseminação do conhecimento acerca dos Cuidados Paliativos entre todos os envolvidos/interessados no sistema de saúde: usuários, profissionais de saúde e gestores. Diante do contexto de transição demográfica e epidemiológica que vivenciamos, torna-se cada vez mais necessária a abordagem de questões relacionadas à população idosa e às doenças crônicas. Assim, é papel da universidade contribuir para que o conhecimento produzido em seu meio seja disseminado entre a sociedade, contribuindo para a formação de acadêmicos e profissionais de saúde, além de favorecer o acesso da população a este tipo de cuidados.

Beneficiário
Alunos de graduação da UNIFAL-MG, profissionais de saúde da Atenção Primária de Alfenas e adultos acometidos por condições crônicas ou por vulnerabilidades associadas ao envelhecimento direcionados ao projeto por instituições de saúde, organizações não governamentais ou outros serviços.