CHECK NUTRI: NUTRIÇÃO CONSCIENTE.

Apresentação
O projeto de extensão Check Nutri se baseia numa ação de educação em saúde, utilizando mídias sociais para veiculação de informações na área de alimentação e nutrição, e interação com diferentes públicos, tendo como princípios para a ação: a participação ativa e informada dos sujeitos, a promoção da saúde, a busca da autonomia e do autocuidado. Inicialmente será criado um perfil na rede Instagram para divulgação de informações sobre alimentação e nutrição, onde a interação com os participantes seja possível, não se limitando apenas à postagem de conteúdos atualizados, mas também estimulando e promovendo a reflexão sobre esses temas, de modo a caracterizar uma atividade de educação em saúde. Outros ambientes virtuais poderão ser utilizados em função do interesse dos participantes. A iniciativa é voltada para o público externo e interno da UNIFAL; também será desenvolvida uma ação de educação em saúde, com uso de tecnologias da informação, com adolescentes em uma escola do município.

Introdução
O projeto de extensão Check Nutri busca desenvolver uma ação de educação em saúde, em uma perspectiva inter e multidisciplinar, que utilizará mídias sociais como forma de veiculação de informações na área de alimentação e nutrição. Ampliando essa ação, se buscará a interação com diferentes públicos, presencialmente ou em ambiente virtual, como forma de reflexão sobre conteúdos produzidos e veiculados nas mídias sociais, tendo como princípios fundamentais para a ação educativa: a participação ativa e informada dos sujeitos, a promoção da saúde, a busca da autonomia e do autocuidado. O projeto objetiva, inicialmente, criar uma plataforma que permita a postagem de conteúdos da área, oportunizando uma fonte confiável e segura sobre esses temas na internet, e onde a interação com os usuários das mídias seja possível, não se limitando apenas à postagem de conteúdos atualizados. O objetivo principal é partir dos recursos disponíveis no ambiente virtual para desenvolver uma interação dialógica com os participantes, estimulando e promovendo uma reflexão sobre esses temas, de modo a caracterizar uma atividade de educação em saúde. Para isso, será desenvolvido um perfil na rede social Instagram, onde será possível discutir e divulgar conteúdos de alimentação e nutrição e buscar uma interação com grupos de indivíduos interessados no tema. Outros ambientes virtuais podem ser utilizados posteriormente, em atendimento ao interesse por parte dos sujeitos envolvidos na ação. A iniciativa é voltada tanto para o público interno da UNIFAL quanto para o público externo, utilizando principalmente o ambiente virtual. O projeto será divulgado dentro da comunidade interna, objetivando também conhecer os temas de interesse por parte de alunos, professores e funcionários. Como desdobramento do projeto, será desenvolvida uma ação com adolescentes de escolas de ensino médio no município, de modo a divulgar o projeto inicialmente e, a partir do interesse despertado, desenvolver uma ação educativa com esse público. Nessa segunda fase, será identificada uma escola de ensino médio que tenha interesse em participar do projeto como parceira. Identificada a escola, os adolescentes interessados serão convidados a constituir um grupo de, no máximo, 50 indivíduos, que serão acompanhados em ambiente virtual ou presencial, de acordo com o interesse específico e o acesso dos mesmos às mídias sociais. A proposta é desenvolver uma ação de educação em saúde, com uso de tecnologias da informação (TI), com foco na educação alimentar e nutricional, de modo a promover hábitos alimentares saudáveis nesse grupo. Essa ação será acompanhada e avaliada com participação dos responsáveis pela escola parceira.

Objetivo Geral
Desenvolvimento e manutenção de uma plataforma para divulgação e discussão de conteúdos de alimentação e nutrição que permita interação com os usuários e atualização periódica, colaborando para a educação em saúde dos usuários e contribuindo para a formação de hábitos alimentares saudáveis em grupos de indivíduos por meio da utilização de tecnologias da informação.

Objetivos Específicos
- Montagem e manutenção de uma plataforma para discussão e divulgação de conteúdos em alimentação e nutrição; - Atualização periódica dos conteúdos disponibilizados em função do interesse do público participante, com participação de especialistas nas diferentes áreas, preferencialmente docentes da UNIFAL-MG; - Interação com os usuários e seguidores da plataforma como forma de desenvolver uma reflexão crítica sobre conteúdos disponíveis em mídias sociais sobre alimentação e nutrição, objetivando desenvolver uma ação educativa com os participantes; - Avaliação periódica dos recursos utilizados e conteúdos disponibilizados, com participação dos usuários da plataforma, objetivando uma construção conjunta do conhecimento; - Utilização de tecnologias da informação para desenvolver atividades de educação em saúde e educação alimentar e nutricional com adolescentes de uma escola de ensino médio.

Justificativa
As tecnologias da informação (TI) que permitem, entre outras coisas, o compartilhamento de um grande volume de informações em curto espaço de tempo, pode como vantagem o acesso facilitado ao conhecimento, contribuindo para a disseminação de informações de diversas naturezas. Porém, ao mesmo tempo em que as mídias sociais facilitam o acesso e a transmissão de informações, os espaços compartilhados no ambiente virtual nem sempre recebem uma avaliação quanto à procedência e à validade do material disponível, facilitando também a divulgação de informações que podem promover alterações no modo de vida dos indivíduos em geral que nem sempre representam uma melhoria na qualidade de vida e de saúde. No campo da alimentação e nutrição, diversos sites, blogs e demais mídias têm sido utilizados por pessoas, profissionais de saúde ou não, para disseminar informações nem sempre condizentes com o conhecimento ora existente nessa área, não se constituindo em uma fonte confiável de informações, e podendo levar a mudanças alimentares baseadas em práticas alimentares errôneas e equivocadas, o que direta e indiretamente pode comprometer a saúde dos seguidores dessas mídias. Considerando o papel social das instituições de ensino superior do país, especialmente na esfera pública, acreditamos que a universidade pode contribuir para a discussão sobre o uso desses espaços tanto para a produção de conhecimentos quanto para o desenvolvimento de práticas de cuidado em saúde, com foco em uma temática específica, por meio de uma ação educativa que considere os múltiplos saberes e a autonomia dos sujeitos, promovendo uma interação dialógica entre o meio acadêmico e o público usuário das mídias sociais. Com essa intenção, o projeto prevê o desenvolvimento de uma ação educativa focada na área de alimentação e nutrição, buscando a utilização das TI e do espaço virtual para a divulgação de informações e construção de conhecimentos que promovam práticas alimentares saudáveis, visando a promoção da saúde dos indivíduos em geral. Para isto, será utilizado um referencial teórico e metodológico que ampare essa ação educativa, que envolverá acadêmicos do curso, docentes de cursos de saúde (especialmente da Faculdade de Nutrição), profissionais de saúde e público externo.

Beneficiário
Indivíduos interessados no tema de alimentação e nutrição e que utilizam as mídias sociais para esse fim, independentemente da idade ou sexo. Uma turma de adolescentes do ensino médio de uma escola do município de Alfenas, a ser identificada.