CICLO DE DEBATES E MOSTRA DE CINEMA DO COLETIVO DIREITOS HUMANOS, CINEMA E AFETOS

Apresentação
Observa-se atualmente no Brasil e em todo o mundo uma série de desafios para atender às recentes reivindicações de direitos de grupos socialmente excluídos e do respeito à diversidade étnica, racial e cultural. A proposta do Ciclo de Debates e Mostra de Cinema do Coletivo Direitos Humanos, Cinema e Afetos surge da necessidade de se promover espaços de discussão, no âmbito do Projeto de Extensão Coletivo Direitos Humanos, Cinema e Afetos, capazes de acolher pessoas e grupos que se interessam pelos direitos humanos, ampliando o estudo e o debate público no sentido de fortalecer e promover o respeito à dignidade dos chamados "novos sujeitos de direitos": indígenas, quilombolas e outros povos tradicionais; membros da comunidade LGBT+; mulheres; negras e negros, pessoas com deficiência, dentre outros sujeitos.

Introdução
Preenchimento não necessário

Objetivo Geral
Promover, em consonância com as atividades previstas no Projeto de Extensão Coletivo Direitos Humanos, Cinema e Afetos, espaços de diálogo, visando fortalecer as demandas de diferentes grupos em torno da dignidade e dos direitos humanos, primando pelo esclarecimento e combate das diversas formas de violência e preconceito.

Objetivos Específicos
Preenchimento não necessário

Justificativa
No contexto nacional, e internacional, processos de exclusão e de desrespeito envolvendo grupos sociais e indivíduos que contrastam étnica, racial, cultural e socialmente com a maioria da população têm sido acirrados e se configuram como um dos principais desafios da atualidade. Entendemos os espaços de diálogo e as manifestações artísticas como possibilitadoras de reflexão e enfrentamento de tais desigualdades sociais e culturais no mundo contemporâneo. Dessa forma, a proposta em questão vem promover esses espaços de discussão e afetos, visando agregar estudantes, docentes, técnicos administrativos da Unifal e outras instituições, de Alfenas e região, bem como coletivos de mulheres, de LGBT+, de pessoas com deficiência e outros grupos, no sentido de promover e fortalecer as demandas em torno da dignidade e dos direitos humanos.

Beneficiário
Estudantes, servidores, servidoras, funcionárias e funcionários da UNIFAL; representantes de coletivos e de instituições públicas e ONGs que tratam dos direitos humanos no município; professoras(es) da rede municipal e estadual de ensino e todas demais pessoas ou grupos interessados.