ORQUESTRA POPULAR UNIFAL-MG

Apresentação
O projeto Orquestra Popular da UNIFAL-MG insere-se na área extensionista da Cultura, trabalhando com música mais especificamente. O formato é de grupo musical voltado para o estudo e a prática de instrumentos variados (cordas, percussão e vozes) e com maior ênfase na execução de repertório dedicado à música popular. O projeto tem se desenvolvido no atual formato desde 2015, contando com a participação de músicos profissionais e amadores. No repertório do grupo, são trabalhadas canções de compositores como Luiz Gonzaga, Alceu Valença, Almir Sater, Renato Teixeira, Gilberto Gil, Elomar, Djavan, entre outros. Com arranjos musicais próprios, o grupo tem se apresentado dentro e fora da UNIFAL-MG.

Introdução
A Orquestra Popular da UNIFAL-MG é um grupo musical formado por músicos amadores e profissionais que se dedicam ao estudo e execução de peças do cancioneiro popular brasileiro. Embora a denominação "música popular" seja controversa, principalmente pensando-se que remete a uma oposição à chamada "música erudita", pensamos que o termo se adequa aos objetivos da proposta, pois trata-se de pensar a música enquanto atividade constitutiva da experiência humana, não importando os rótulos comumente atribuídos pela sociedade às manifestações artísticas. Neste sentido, a Orquestra Popular da UNIFAL-MG é um projeto que se dedica à prática musical de repertório conhecido pela sua forte inspiração regional mas não esquecendo todo o vasto e rico material da produção musical brasileira de maior abrangência. Assim, o grupo executa peças do que se chama comumente de "música caipira", mas também da "música sertaneja", nos termos do que foi definido por Ferrete (1985, p.25-7) como uma diferenciação regional importante. Além disso o que se convenciona também chamar de Música Popular Brasileira (MPB), não considerando a generalidade do termo, também comporá parte do repertório do grupo. Isso não significa a exclusão do escopo do projeto de se arriscar em repertório "erudito" para o que alguns integrantes possuem boas qualificações.

Objetivo Geral
Estudar e executar música.

Objetivos Específicos
Executar peças musicais do cancioneiro popular brasileiro, desenvolver música como prática de conjunto.

Justificativa
A forte tradição artística presente no sul de Minas Gerais, em especial no tocante à música tem merecido atenção da UNIFAL-MG, pois cada vez mais, os projetos de extensão dedicados a esta arte ganham destaque dentro e fora da universidade, mostrando um considerável aumento da demanda por participação de estudantes, técnicos, docentes e da comunidade externa nas atividades culturais desenvolvidas no espaço universitário ou fora dele. O projeto Orquestra Popular buscará fortalecer um relacionamento estabelecido ao longo de outros anos junto ao público participante das apresentações além de contribuir para a integração de estudantes, servidores e da comunidade de forma mais efetiva junto à produção e fruição cultural no município e na região. Além desses aspectos, vale ressaltar que a participação de estudantes e servidores em atividades culturais dentro e fora da UNIFAL-MG vem contribuindo para diminuir tensões inerentes às atividades acadêmicas e profissionais das diversas categorias atuantes na universidade. A integração de estudantes oriundos de outros municípios mineiros ou de outros estados à universidade deve considerar a abertura de espaços de interação social e cultura, essenciais para a saúde mental de jovens que se encontram em fase de amadurecimento físico e emocional. Assim, a Orquestra Popular pretende também ser espaço de troca de experiências e acolhimento para aqueles que desejarem fruir da prática musical.

Beneficiário
Estudantes e servidores da UNIFAL-MG. Comunidade externa.