LIGA ACADÊMICA DE GENÉTICA HUMANA E MÉDICA DA UNIFAL-MG (LAGHM-UNIFAL-2019)

Apresentação
A Liga Acadêmica de Genética Humana e Médica da Universidade Federal de Alfenas – LAGHM-UNIFAL tem como objetivo proporcionar a complementação e a consolidação prático-teóricas dos conceitos de Genética para os acadêmicos participantes, através da leitura, apresentação e discussão de artigos científicos recentes na área de Genética Humana permitindo assim, a atualização desses conceitos. Mais importante ainda, a LAGHM-UNIFAL pretende cumprir seu papel comunitário, através de uma troca de experiências entre o discente universitário e um centro assistencial-educativo importante na nossa comunidade local, compartilhando conhecimentos, realizando atividades educativas, assim como discutindo aspectos importantes da temática da Genética Humana e Médica, através da interação didático-pedagógica-assistencial com a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Alfenas-MG.

Introdução
A Genética, enquanto ferramenta clínica, pode ser uma grande aliada no estudo e no entendimento dos mecanismos de hereditariedade e de variação da espécie humana. Desse modo, tendo ciência sobre tais processos fisiológicos, pode-se delinear estratégias para prever, tratar ou prevenir aspectos variantes patológicos relacionados ao âmbito da Genética Médica aplicada à Clínica. Diferentes doenças humanas podem estar relacionadas à hereditariedade genética: o Câncer Familiar, a Hipercolesterolemia Familiar, algumas Síndromes e Anormalidades Metabólicas, entre outras. Nesse sentido, práticas da Genética Médica como o Aconselhamento Genético são de suma importância. Atuando em uma equipe multiprofissional, ela tem como objetivo fornecer orientações e suporte aos portadores e aos familiares de portadores de doenças genéticas, de uma maneira holística. Portanto, a Liga de Genética Humana e Médica da Unifal-MG tem como objetivo principal complementar a formação acadêmica dos participantes a respeito da temática da Genética Humana e Médica e proporcionar um serviço comunitário veiculando informações importantes e orientações à comunidade local. De forma especial, a interação interdisciplinar dos membros da LAGHM, formada por discentes de diversos cursos, com a APAE de Alfenas trará benefícios tanto para seus membros, mas especialmente para as crianças e famílias atendidas, tanto na escola quanto no Policlínico SERDI. Este contato será possível pela realização de encontros e rodas de discussão que permitirão entender de forma mais completa conceitos de Genética Humana, na maioria das vezes desconhecidos para as famílias envolvidas. Por outro lado, este contato permitirá também fortalecer a participação no Projeto de pesquisa intitulado "Estudo genético-clínico-laboratorial de pacientes com deficiência intelectual institucionalizados na APAE de Alfenas", o mesmo que se encontra associado ao Programa Genética para Todos e aliadoao grup de pesquisa do Laboratório de Genética Humana da Unifal-MG. As atividades do projeto no ano 2018 incluiram uma série de iniciativas de pesquisa que objetivam o desenvolvimento de um artigo de revisão numa área da genética molecular muito interessante e atual: A tecnologia CRISPR aplicada à Diabetes. Assim pretendemos em 2019 consolidar o trabalho desenvolvido no presente ano e submeter esta redação científica a revistas com fator de impacto como produto em pesquisa.

Objetivo Geral
Transformar discentes e pesquisadores envolvidos com a área da genética humana e médica, em elementos ativos de transformação social através da divulgação e compartilhamento de experiências acadêmico-científicas com a nossa comunidade, fortalecendo o conhecimento teórico-prático dentro da área, e mais importante ainda, aproximando a universidade ao nosso entorno social.

Objetivos Específicos
Fortalecer e complementar fundamentos básicos da estrutura dos ácidos nucleicos e as variações desses aos níveis molecular e cromossômico. Capacitar o estudante e pesquisador para o entendimento e acerca das principais alterações genéticas de importância médica. Promover a relação entre teoria e prática dos conteúdos, no desenvolvimento de competências como identificação, prevenção e orientação educacional acerca de certas doenças na comunidade local. Interagir positivamente com a realidade social de alunos e famílias da escola da APAE-Alfenas, através de diálogos e conversas, criando uma interseção de experiências de vida que permitam aos envolvidos refletir sobre nosso papel social e entender melhor conceitos básicos da área Genética Humana. Transformar positivamente nossa sociedade através desta interação universidade-comunidade.

Justificativa
Com a evolução da tecnologia e dos métodos de estudo diagnóstico, houve um aumento da detecção precoce de diversas condições clínicas na área da genética humana. Devido a esse aumento e às novas tecnologias, conseguiu-se estabelecer várias correlações entre o genoma humano e as patologias encontradas na clínica médica. Além de diversas doenças altamente impactantes, como a hipercolesterolemia e a síndrome de Down, entre outras. Adicionalmente, alterações genéticas são um fator determinante no desenvolvimento do câncer, atualmente uma das principais causas de morte no mundo, levando a óbito 8,2 milhões de pessoas anualmente. Essas fortes correlações, nos levam a procurar e entender melhor como funcionam essas patologias e a discussão entre as diversas áreas básicas da saúde, como a medicina e a farmácia, auxilia esse entendimento e propões uma maior interdisciplinariedade entre os futuros profissionais. Diante deste panorama, o desenvolvimento de projetos que visem criar um aprimoramento acadêmico científico na área da Genética Humana, e ao mesmo tempo uma interseção com a nossa comunidade, são necessárias e urgentes no nosso contexto universitário. Assim, a renovação desta proposta se baseia nos bons resultados obtidos nas ações desenvolvidas em 2018 pela Liga Acadêmica de Genética Humana e Médica, tais como a organização e realização do II Simpósio de Genética Humana da Unifal (com mais de 160 participantes efetivos), a participação na Semana da Ciência e Tecnologia, assim como no IV Simpósio Integrado da Unifal (sendo um deles selecionado para apresentação oral) (resumos em anexo), e a continuação na redação do nosso primeiro artigo científico de revissão dentro de uma área específica. Cabe ressaltar que o relatório das atividades realizadas em 2018 (PREAE 3483) foi devidamente finalizado, submetido e aprovado pelo CEUA da nossa unidade.

Beneficiário
Acadêmicos de diferentes cursos da Universidade Federal de Alfenas. Alunos, professores e famílias da APAE de Alfenas. Público em geral participante do II Simpósio de Genética Humana da Unifal-MG.