CESSAÇÃO DO TABAGISMO - UNIFAL LIVRE DO CIGARRO

Apresentação
O projeto tem como objetivo implantar a cessação do tabagismo utilizando como ferramenta principal o Programa: “INCA Livre do Cigarro”, dentro do contexto de Qualidade de Vida e Promoção de Saúde. Serão beneficiados pelas ações do projeto servidores ativos e inativos (professores e técnico-administrativos em educação), seus dependentes, acadêmicos da UNIFAL-MG e a comunidade externa. Os integrantes do projeto participarão de eventos locais de promoção de saúde organizados em parceria com o Programa de Qualidade de Vida do Servidor, integrando as ações de ensino, pesquisa e extensão.

Introdução
Durante séculos o uso do tabaco foi difundido das Américas para todo o mundo por acreditar que era uma erva dotada de propriedades medicinais, capaz de curar doenças diversas como: bronquite crônica, asma, doenças do fígado, do intestino, reumatismo, dentre outras. No final do século XIX e, sobretudo, na primeira metade do século XX, a explosão do consumo do tabaco, definiu a consolidação da potência econômica das indústrias fumageiras, através da produção dos cigarros em escalas industriais e também pelo processo agressivo de propaganda e marketing (PAHO, 1992). O tabagismo é considerado o principal fator de risco evitável para o câncer e também doenças cardiovasculares e respiratórias. A literatura destaca que 25 doenças diferentes estão relacionadas ao tabagismo, sendo, por isso, considerado pela Organização Mundial de Saúde como um dos mais graves problemas de saúde no mundo (MÓDULO TABAGISMO, 2005). Atualmente, temos 1,1 bilhão de fumantes e 4 milhões de mortes anuais no mundo devido ao tabagismo (WORLD BANK, 1999), se o atual padrão de consumo não for revertido, esse número poderá chegar a 10 milhões de mortes até 2020 (WHO, 1999). O tabagismo pode acarretar alterações na saúde do trabalhador interferindo na sua qualidade de vida e tem sido importante de discussão mundial, já que impacta direta ou indiretamente na produtividade e nos resultados obtidos. É no trabalho que o ser humano passa parte significativa de sua vida, daí a necessidade de assegurar que o trabalhador possa desenvolver atividades na busca da integração biopsicossocial, de controle de fatores de riscos ocupacionais que promovam o seu integral bem-estar. Este projeto consiste em uma importante iniciativa para incentivar ações de promoção de saúde em indivíduos tabagistas quevisam melhoria na qualidade de vida do servidor da UNIFAL/MG. A equipe é composta por membros designados em portaria, pela Reitoria desta Universidade: “Comissão de Qualidade de Vida da UNIFAL- MG”, que inclui funcionários do CIAS; docentes e técnico-administrativos da UNIFAL/MG. O projeto constará também com a participação de discentes de cursos da área de saúde da UNIFAL/MG, com a interação desta equipe, levantará dados relativos a traçar um perfil do funcionário tabagista, nível de dependência nicotínica, buscando promover ações de melhoria na saúde do trabalhador. Espera-se como resultado dessa ação desenvolver estudos centrados nas necessidades de saúde da comunidade tabagista, bem como realizar intervenções de promoção e de prevenção da saúde junto ao grupo de indivíduos tabagistas. Proporcionar ao aluno reflexão e vivência com a interdisciplinaridade. Além disso, espera-se como resultado dessa atuação a articulação com a tríade ensino, pesquisa e extensão. Além da disseminação de seus resultados por meio da apresentação de trabalhos em eventos científicos e de extensão em parceria com docentes e com o Programa de Extensão “Estudo da Postura e do Movimento” do Curso de Fisioterapia.

Objetivo Geral
Implantar o Programa de Cessação do Tabagismo utilizando como ferramenta principal o Programa: “INCA Livre do Cigarro”, dentro do contexto de Qualidade de Vida e Promoção de Saúde.

Objetivos Específicos
a) Realizar ações visando eliminar a poluição tabagística ambiental nas diversas unidades da Universidade, criando clima favorável para a cessação do tabagismo estimulando os profissionais e pessoas que utilizam os serviços da Instituição a deixarem de fumar e a adotarem hábitos de vida saudáveis; B) Reduzir a prevalência de fumantes na comunidade interna e externa da UNIFAL-MG; c) Criar grupo de cessação do tabagismo dentro da Universidade seguindo o Programa de Saúde e Coerência - Programa de Controle do Tabagismo, do Instituto Nacional do Câncer – INCA; d) Encorajar e apoiar hábitos de saúde e estilos de vida saudáveis, que promovam bem-estar entre os servidores e comunidade externa á UNIFAL.

Justificativa
Além de todas as questões que envolvem a saúde do servidor, é fundamental que sendo a UNIFAL-MG, uma instituição centenária, com renomados cursos voltados para área de saúde, torne-se vitrine de hábitos e estilos de vida saudáveis. Com a implantação do Programa de Qualidade de Vida do Servidor, criou-se espaço para a busca de hábitos de vida saudáveis dentro da Universidade. O presente projeto está vinculado ao Programa de Extensão “QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO", que cumpre com sua responsabilidade social, nas ações preventivas de educação e promoção de saúde com ação interdisciplinar e direcionada às diversas áreas de atuação com função social, preventiva e educativa. Atualmente, desde o segundo semestre de 2013, são desenvolvidas atividades de ensino, pesquisa e extensão que contribuem em parceria com os Projetos e Programa de extensão do curso de Fisioterapia,Medicina e Nutrição para a formação profissional dos acadêmicos, buscando desenvolvimento de consciência social, cidadania e qualidade no atendimento à população.

Beneficiário
Serão beneficiarios pelas ações do projeto servidores ativos e inativos (professores e técnico administrativos em educação), seus dependentes, acadêmicos da UNIFAL-MG e a comunidade de trabalhadores externos. Á partir de 2018 recebemos encaminhamentos de diversos setores da saúde de Alfenas.