ATENDIMENTO A PACIENTES PORTADORES DE MALOCLUSÕES COM NECESSIDADES ESPECIAIS DE TRATAMENTO.

Apresentação
Esta prestação de serviços tem como proposta o atendimento de pacientes portadores de maloclusões que não se enquadram na triagem das clínicas e necessitam de intervenções ortodônticas atípicas. Serão realizados procedimentos ortodônticos em pacientes das clínicas da Faculdade de Odontologia com finalidade de possibilitar o restabelecimento das condições necessárias à recuperação de elementos dentários. Participarão desta prestação de serviço alunos do Curso de Odontologia que já cursaram a disciplina de Ortodontia Preventiva e Interceptiva. A seleção dos acadêmicos será de acordo com a disponibilidade de horário proposto para a execução da prestação de serviço. Caso surja um número maior de interessados, será realizada uma entrevista para seleção das vagas.

Introdução
Dentre as diversas patologias que acometem a cavidade bucal, a maloclusão constitui o terceiro maior problema encontrado na população mundial. As irregularidades na posição dentária iniciam-se na dentição decídua, daí a necessidade dos profissionais (odontopediatras e ortodontistas) atuarem de forma preventiva, para permitir o correto posicionamento dentário, evitando ou minimizando maloclusões que possam se perpetuar nas dentições mista e permanente. ( FACAL-GARCÍA ; SUÁREZ-QUINTANILLA ; DE NOVA-GARCÍA, 2002; FARRET et al.., 2005 ; GÁBRIS , MÁRTON , MADLÉNE. 2006; GLANS , LARSSON , OGAARD , 2003). A inclusão da atenção às maloclusões, com vistas ao tratamento Preventivo e Interceptivo na Atenção Básica (AB), facilitaria o acesso ao tratamento das maloclusões, e poderia diminuir necessidades futuras de um tratamento ortodôntico complexo (GUZZO, 2013). Além disso, o significativo aumento de pacientes adultos que mantêm seus dentes e procuram terapia ortodôntica para melhorar seus aspectos estéticos e oclusais está fazendo com que as modalidades de tratamento evoluam. Atualmente, muitas reabilitações do sistema estomatognático, podem ser tratadas usando uma combinação de especialidades odontológicas oferecendo ao paciente bons resultados estéticos, funcionais e fonéticos. De fato, a Ortodontia que precede o tratamento protético traz benefícios em muitos casos clínicos e deve ser sempre considerada quando a posição dos dentes remanescentes não é a ideal (LEITE, 2009). Assim, a atuação multidisciplinar entre os profissionais tem se demonstrado fundamental no planejamento de um tratamento que garanta qualidade e longevidade para os casos, além de proporcionar a integridade do sistema e melhora da qualidade de vida e auto-estima do paciente.( PELIZZARI, et al., 2012). Em seus estudos SOUZA; RITTER; STEINBACH (2015) para verificar o conhecimento dos graduandos em Odontologia da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) sobre Ortodontia Preventiva e Interceptiva recomendou-se que estudos de maior abrangência e com outras metodologias sejam aplicados com o intuito de avaliar de maneira integral a formação acadêmica ortodôntica dos futuros cirurgiões-dentistas e a real necessidade de mudanças nos conteúdos programáticos na Disciplina de Ortodontia.

Objetivo Geral
A ação de extensão denominada prestação de serviços tem como objetivo realizar atendimentos aos pacientes portadores de maloclusão que não se enquadram na triagem das clínicas da Faculdade de Odontologia e necessitam de intervenções ortodônticas para recuperação de elementos dentários.

Objetivos Específicos
Melhorar a qualidade de vida dos pacientes. Recuperar espaços dentários. Possibilitar aos alunos da graduação o atendimento clínico ortodôntico para pacientes com necessidades especiais de tratamentos. Capacitar os acadêmicos de Odontologia a realizar atividades específicas para o público-alvo em questão e a lidar com as adversidades que eventualmente surgirão. Proporcionar aos acadêmicos participantes uma visão geral de saúde desse público alvo e estimular um envolvimento humanístico entre os membros. Demonstrar a possibilidade de outras formas de tratamento dentário. Produzir documentação de casos tratados. Orientar e capacitar alunos de graduação no tratamento de casos especiais. Possibilitar aos alunos da graduação o aprofundamento dos conhecimentos sobre os temas propostos através de seminários, mesas clínicas e artigos de publicação. Enriquecer o material didático das aulas da disciplina.

Justificativa
Com o intuito de capacitar os alunos de graduação, a disciplina de Ortodontia Preventiva e Interceptiva desenvolverá a prestação de serviços visando o atendimento de pacientes que não se enquadram nas triagens das clínicas. Estes tratamentos visam a execução de pequenos movimentos ortodônticos facilitando a reabilitação protética dos pacientes em relação à estética e função, colaborando desta maneira com um dos objetivos da Universidade, que é a prestação de serviços à comunidade através da Extensão Universitária, possibilitando aos alunos atividades práticas que complementam os conhecimentos adquiridos na graduação e também um maior entrosamento entre comunidade e Universidade.

Beneficiário
Esta prestação de serviços será realizado nas Clinicas da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Alfenas, MG, beneficiando pacientes portadores de maloclusão que não se enquadram nas triagens das Clínicas, alunos e professores envolvidos no projeto.