PROGRAMA DE EDUCAÇÃO PERMANENTE PARA MÉDICOS DE FAMÍLIA

Apresentação
Desenvolvimento do Programa de Educação Permanente para Médicos de Família (PEP), por meio da manutenção e qualificação dos Grupos de Aperfeiçoamento Profissional (GAP) na (s) área (s) 12 do PEP do Estado de Minas Gerais que contempla as regiões de Alfenas, Machado, Guaxupé, Piumhi, Passos, São Sebastião do Paraíso e Três Pontas.

Introdução
Segundo Lopes, a educação permanente é o encontro entre o mundo da formação e do trabalho, no qual o aprender e o ensinar incorporam-se ao cotidiano das organizações. Baseia-se na aprendizagem significativa e desenvolve-se a partir dos problemas diários que ocorrem no lócus de atuação profissional, levando em consideração os conhecimentos e as experiências pré-existentes da equipe (Lopes, 2007). A formação tradicional e o desenvolvimento dos profissionais de saúde tem como objetivo principal a atualização de conhecimentos técnicos. Já a educação permanente, considera a atualização técnica para transformar as práticas das equipes de saúde. Para isso, o aprendizado é dirigido pela problematização do próprio cotidiano de trabalho. O conceito de educação permanente no setor saúde desenvolveu-se gradualmente nos países da América Latina. No Brasil, a definição de Educação Permanente passou a utilizada como estratégia na Política de Educação Permanente em Saúde de 2007. A Unifal-MG pretende formar profissionais críticos, reflexivos e éticos e conta com currículos baseados na comunidade. Diante das exigência das do MEC, que preconizam a inserção precoce dos estudantes no serviço e impulsionada pela responsabilidade social e pelo desejo de maior integração entre os serviços de saúde e o ensino, surgiu este projeto que pretende promover a educação permanente dos médicos da Estratégia Saúde da Família para garantir excelência no cuidado e na formação.

Objetivo Geral
Capacitar os médico da Estratégia Saúde da Família dos municípios de Alfenas, Machado, Guaxupé, Passos, Piumhi,São Sebastião do Paraíso e Três Pontas.

Objetivos Específicos
Contribuir para a educação permanente de profissionais que atuam na Atenção Primária à Saúde, com ênfase no aperfeiçoamento das práticas clínicas e aprimoramento dos processos de trabalho em saúde; Propiciar espaço para discussão de casos complexos e análise coletiva dos processos de trabalho, identificando-se os nós críticos a serem enfrentados na atenção e/ ou gestão; Promover o uso racional dos recursos propedêuticos e terapêuticos e planos de cuidados baseados em evidências científicas; Reduzir a variabilidade de condutas para um mesmo problema da saúde; Valorizar o compartilhamento de conhecimentos e experiências entre os profissionais das equipes de saúde, favorecendo a prática da interdisciplinaridade; Contribuir para maior capacidade de análise, intervenção e autonomia dos profissionais de saúde para o estabelecimento de práticas transformadoras.

Justificativa
O programa é implantado em parceria com a Secretaria Estadual de Saúde para atender a necessidade de garantir a capilaridade, supervisão docente e logística necessárias para a oferta das atividades educacionais de forma presencial, descentralizada, em todas as microrregiões e inclusão dos médicos de todos os municípios mineiros, uma vez que UNIFAL-MG dispõe de capacidade docente e estrutura operacional para execução direta das atividades educacionais do programa.

Beneficiário
Médicos das Estratégia Saúde da Família de Alfenas, Machado, Guaxupé, Passos, Piumhi, São Sebastião do Paraíso e Três Pontas.