PILATES: PREVENÇÃO E SAÚDE

Apresentação
O sedentarismo é um fator de risco para inúmeras doenças, está relacionado a dois milhões de mortes anualmente em todo o mundo e é considerada uma epidemia, já que compromete cerca de 70% da população global. Desta forma, a atividade física orientada torna-se um forte aliado contra o sedentarismo, dentre elas, uma que tem sido muito utilizada como prevenção desta, é o método Pilates. Esse método pode ser realizado tanto em um estúdio, com equipamentos específicos para a modalidade como no solo denominado também como Mat Pilates ou Pilates de solo. Tanto o Pilates em estúdio como o Mat Pilates utilizam de uma série de posturas (com ou sem aparelhos) para melhorar a força muscular e flexibilidade, e é indicado para diminuir o índice de sedentarismo da população, melhorar a capacidade funcional, a autoestima, concentração, consciência corporal, priorizando a saúde e qualidade de vida.

Introdução
A Organização Mundial de Saúde (OMS) define a saúde como um estado de completo bem estar físico, mental e social e não somente ausência de afecções e enfermidades. Gozar do melhor estado de saúde que é possível, constitui um dos direitos fundamentais de todo o ser humano, sem qualquer distinção. A saúde pode ser analisada nos três planos ou dimensões: a saúde física, saúde mental e social. O três planos podem ser conseguidos através da promoção de saúde através da dieta balanceada associada à prática regular e moderada de atividade física. A promoção de saúde pode ser realizada através de ações individuais ou coletivas, além das ações por parte das organizações e do governo (NAHAS e GARCIA, 2010). Os benefícios da prática regular de atividade física têm sido investigados em diferentes contextos: a prevenção contra diabetes (Wong, et al, 2013), no controle da depressão (STUBBS, et al., 2015), na melhora da função cognitiva (COX, et al., 2015). Também existem os benefícios fisiológicos como a diminuição da pressão arterial, controle do peso corporal, aumento da densidade óssea e resistência física, melhora da força muscular e da mobilidade. Citam-se os benefícios psicológicos como melhora da auto-imagem, aumento da auto-estima e do bem estar, mantem a autonomia e reduz o isolamento (Matsudo et al., 2002). Allsen et al. (2001) destacam os benefícios proporcionados por um programa de atividade física, dentre eles estão: aumento da resistência aeróbia; melhora da capacidade funcional; melhora da força e flexibilidade muscular e articular; redução da massa corporal; retarda o processo fisiológico de envelhecimento. Dentre os exercícios existe o método Pilates, e o Mat Pilates, desenvolvidos por Joseph Pilates (1880-1967), tem por objetivo melhorar a flexibilidade geral do corpo enfatizando força, postura e a coordenação entre respiração e movimento (SEGAL, 2004). O método Pilates é composto por seis princípios que devem ser seguidos para que o exercício seja executado de forma correta: centralização; concentração; controle; precisão; respiração e fluidez. O Mat Pilates utiliza o próprio corpo para melhorar a força muscular (LEE, HYUN e KIM, 2014) e pode ser realizados no chão, deitado sentado ou em pé. Por serem exercícios físicos praticamente sem impacto, quando bem orientado quase não há possibilidade de lesões (CURI, 2009) * a chance de lesões são mínimas. É indicado para pessoas saudáveis, assim como pode ser utilizado para tratar e prevenir determinadas patologias (COMUNELLO, 2011). Os exercícios podem ser adaptados de acordo com a capacidade física do indivíduo (MARÉS et al, 2012). Devido estes princípios os indivíduos poderão se beneficiarem da melhora na consciência corporal, melhora na qualidade de vida, flexibilidade, dor e correção postural.

Objetivo Geral
Realizar o método Mat Pilates e Pilates estúdio como exercícios para promoção, prevenção e reabilitação da saúde e na melhoria da qualidade de vida do trabalhador.

Objetivos Específicos
- Melhorar a postura corporal dos indivíduos - aprimorar a resistência muscular e a flexibilidade - Melhorar a qualidade de vida - Promover, prevenir e reabilitar os indivíduos - Oferecer ambiente de geração de conhecimento propício para a formação de estudantes de graduação na área de saúde.

Justificativa
Os Trabalhadores permanecem em seu ambiente de trabalho por um longo período em posição sentada ocasionado inatividade e sobrecarga no sistema musculoesquelético. A inatividade física é o quarto fator principal de risco para mortalidade em todo o mundo (OMS) que acarreta o aumento do risco cardiovascular, obesidade, acidente vascular encefálico, diabetes, depressão e demência (Pratt et al., 2014; Blondell et al., 2014; Lee et al., 2012). Outra tendência da população em geral é a diminuição de atividades físicas quer seja na forma de esportes ou na execução de atividades do dia-a-dia o que contribui para agravar o comprometimento do sistema musculoesquelético.

Beneficiário
Serão beneficiados os servidores da UNIFAL, trabalhadores terceirizados da UNIFAL, alunos do curso de fisioterapia e alunos da PRACE.