LIDEF - LIGA DERMATO-FUNCIONAL UNIFAL-MG

Apresentação
Atualmente, a área de dermato-funcional vem sendo tema de muitas pesquisas e objeto de estudo na área de saúde. A Fisioterapia Dermato-Funcional foi reconhecida como especialidade pelo COFFITO em 2009, a partir daí novas áreas de atuação da fisioterapia, anteriormente abordadas de maneira empírica, passaram a formar uma disciplina com a necessidade de prover, por meio de uma assistência profissional adequada e específica, as exigências clínico-cinesiológico-funcionais dos indivíduos com alterações nas funções da pele e estruturas relacionadas. A Liga Dermato-Funcional (LiDeF) contará com a participação de discentes de graduação, pós-graduação e profissionais fisioterapeutas, assim como profissionais de saúde das demais especialidades que queiram participar e contribuir com projetos de pesquisa, estudo de casos clínicos e temas pertinentes e prestar auxílio à população em forma de atendimento, campanha ou palestra informativa.

Introdução
A área de Dermato-Funcional está, atualmente, em evidência nos cuidados de saúde e na busca da funcionalidade das alterações da pele e estruturas relacionadas. Diversos profissionais da saúde atuam na educação, prevenção e reabilitação das disfunções cutâneas, dentre eles destacamos o médico, enfermeiro, biomédico, farmacêutico, nutricionista, fisioterapeuta, entre outros. Em relação à Fisioterapia Dermato-Funcional, a mesma foi reconhecida como especialidade em 2009, a partir da publicação da Resolução 362/2009 (COFFITO). A Resolução 394/2011 dispõe sobre as funções e áreas de atuação do fisioterapeuta dermato-funcional (COFFITO). São reconhecidas as seguintes áreas de atuação desta especialidade: Fisioterapia Dermatofuncional no Pré e Pós-operatório de Cirurgia Plástica; Fisioterapia Dermatofuncional no Pré e Pós-operatório de Cirurgia Bariátrica; Fisioterapia Dermatofuncional em Angiologia e Linfologia; Fisioterapia Dermatofuncional em Dermatologia; Fisioterapia Dermatofuncional em Estética e Cosmetologia; Fisioterapia Dermatofuncional em Endocrinologia; Fisioterapia Dermatofuncional em Queimados. A Liga Dermato-Funcional (LiDeF), terá como eixo a Fisioterapia, no entanto, várias áreas da saúde serão convidadas a participar, colaborar e contribuir com os aspectos científicos, estudos de casos clínicos e temas pertinentes, além de prestar auxílio à população em forma de atendimento, campanha ou palestra informativa. No ano de 2016, a LiDeF iniciou suas atividades, no primeiro semestre, com o objetivo principal de estruturar a Liga, realizar palestras informativas sobre as ações da LiDeF, abordar os conceitos básicos sobre a área dermato-funcional e divulgar suas ações no meio acadêmico, científico e clínico. Para o segundo semestre de 2016, além de dar continuidade as atividades, a LiDeF irá divulgar na comunidade externa suas ações junto a população, através de palestras e intervenções na educação, prevenção e reabilitação das disfunções cutâneas. As atividades desenvolvidas pela LiDeF contribuirão para o aprendizado do aluno, capacitando-o e estimulando-o em relação às práticas profissionais e éticas, permitindo formação de um acadêmico cidadão. O mesmo ainda será estimulado a exercer, além das atividades da Liga, atividades de pesquisa e aprendizado junto aos docentes e profissionais de saúde durante as atividades propostas. A LiDeF busca, ainda, a integração e socialização com colegas e a resposta a indagações profissionais (HAMAMOTO FILHO, 2011). Sob o ponto de vista social, a LiDeF permitirá uma atenção especial à indivíduos da comunidade externa que necessitam de orientação, educação e acesso a informação a respeito das disfunções cutâneas, visando uma melhor qualidade de vida. Com isso, irá viabilizar uma ação com impacto positivo não apenas nas perspectivas acadêmicas e científicas, mas também nas questões sociais junto à comunidade do município de Alfenas-MG.

Objetivo Geral
Prover atividades de palestras, discussões de casos clínicos, ações de educação, orientação e atendimento à população, desenvolvendo atividades de pesquisa, ensino e extensão com acadêmicos, docentes e profissionais de Fisioterapia e demais áreas da saúde.

Objetivos Específicos
- Realizar atividades de pesquisa, estudo, ensino e extensão de serviço à comunidade; - Incentivar o aprendizado acadêmico prático e teórico da área de Dermato-Funcional; - Proporcionar qualidade de vida por meio de ações voltadas a beleza: ambulatório de tratamento facial, Ação Beleza através dos Olhos; - Prestar educação, orientação e atendimento à população em forma de campanha ou palestra informativa; - Promover e organizar cursos, ciclo de palestras, simpósios e congressos sobre Dermato-Funcional com o objetivo de divulgar a área e trazer conhecimento à comunidade acadêmica e profissional; - Contribuir para o aprofundamento dos estudos no que concerne à Dermato-Funcional e trabalhar de forma interdiciplinas com afecções de dermatites causadas pelas incontinencias urinárias; - Participar e prestar orientações nos eventos administrados pela LF/UNIFAL – MG, com fins de pesquisa e/ou orientação à comunidade; - Estimular a divulgação dos projetos que compreendem o estudo das condições de saúde que envolvam a área de Dermato-Funcional; - Atualizar os profissionais, estudantes (graduação e pós-graduação) e pesquisadores da área da saúde, que visam o estudo e o desenvolvimento de projetos de pesquisas sobre Dermato-Funcional; - Favorecer o incentivo à pesquisa, bem como auxiliar na orientação e no planejamento de projetos de pesquisa na área. - Associar

Justificativa
Pensando na ampla atuação da dermato-funcional e com o objetivo de formar um profissional com conhecimentos técnico-científicos e abordagem humana de excelência, apto para o trabalho em equipe multiprofissional, com ênfase na integralidade do cuidar na área específica de atuação da Fisioterapia Dermato-Funcional, observa-se a necessidade de formar uma Liga Acadêmica em Dermato-Funcional. Uma Liga Acadêmica é uma associação civil e científica, de duração indeterminada, sem fins lucrativos, com sede e foro na cidade da instituição de ensino que a abriga, que visa complementar a formação acadêmica em uma área específica, por meio de atividades que atendam os princípios do tripé universitário de ensino, pesquisa e extensão (FERREIRA et al, 2009). A Liga Acadêmica é organizada por acadêmicos, professores e profissionais que apresentam interesses em comum, realizando atividades extraclasse e ações voltadas para a promoção à saúde, educação e pesquisas, contribuindo para o desenvolvimento científico e aprimoramento da área (HAMAMOTO FILHO, 2011). O Curso de Fisioterapia da UNIFAL-MG apresenta um Estatuto da Ligas que regem as diretrizes e finalidades das mesmas. São finalidades das Ligas de Fisioterapia (ESTATUTO DAS LIGAS DE GRANDES ÁREAS DA SAÚDE NA FACULDADE DE FISIOTERAPIA): - Promover a pesquisa, o estudo, o ensino e a extensão de serviço à comunidade; - Incentivar o aprendizado acadêmico prático e teórico da área da Fisioterapia; - Prestar auxílio à população em forma de atendimento, campanha ou palestra informativa; – Promover e organizar cursos, ciclo de palestras, simpósios e congressos sobre fisioterapia com o objetivo de divulgar a área e trazer conhecimento à comunidade acadêmica e profissional; - Contribuir para o aprofundamento dos estudos no que concerne à fisioterapia e para a realização das campanhas de orientação e informação à comunidade, nos eventos administrados pela LF/UNIFAL - MG; - Estimular a divulgação dos projetos que compreendem o estudo de patologias que envolvam a área de fisioterapia; - Atualizar os profissionais, estudantes (graduação e pós-graduação) e pesquisadores da área da saúde, que visam o estudo e o desenvolvimento de projetos de pesquisas sobre fisioterapia; - Favorecer o incentivo à pesquisa, bem como auxiliar na orientação e no planejamento de projetos de pesquisa na área. As atividades desenvolvidas pela LiDeF permitirão aos acadêmicos demonstrarem interesse pelas atividades da profissão e adquirir habilidades técnicas relacionadas a área dermato-funcional, facilitando sua inserção no mercado de trabalho (ECHER et al., 2003). Hamamoto Filho (2011) relata que as Ligas são vistas como meio de incorporar o papel do profissional de saúde em sua área de atuação. Desta maneira, o anseio de acadêmicos pelo reconhecimento social, a afirmação da autoestima e sua ansiedade psicossocial de ser reconhecido como adulto profissionalmente capaz, são reduzidas ao participar das atividades desenvolvidas pelas Ligas. O acadêmico da área de saúde deve garantir uma sólida formação básica, a fim de preparar o futuro profissional e enfrentar os desafios das rápidas transformações da sociedade, do mercado de trabalho e das condições de exercício profissional (GAIAD et al., 2005). A LiDeF visa uma prática de ensino-aprendizagem, na qual o acadêmico pode aprimorar e desenvolver habilidades e conhecimentos na área dermato-funcional (FERREIRA et al., 2008). Por se tratar de um momento de aprendizagem, a mesma precisa ser significativa para o acadêmico, envolvendo-o como sujeito ativo, por meio de suas ideias e conhecimentos. Assim, entende-se que esta atividade propicia ao acadêmico um crescimento para sua prática ética, profissional e pessoal. Além disso, a LiDeF permitirá aos discentes que cursam do primeiro ao décimo período participar de discussões pertinentes à área e conhecer os fundamentos da fisioterapia Dermato-Funcional. De acordo com Ferreira et al. (2008), as Ligas Acadêmicas são capazes de inserir o acadêmico de forma satisfatória num contexto ampliado de sua área de atuação, proporcionando maior conhecimento e interesse por essa área, desmistificando valores negativos e capacitando seus membros, por meio do aprendizado e aquisição de experiência sob diversos aspectos, com destaque para atividades em pesquisa. Baseado no exposto, destaca-se que, a relevância da liga, se baseia no fato de promover a aproximação dos estudantes ao tripé base de uma universidade: ensino, pesquisa e extensão. Além disso, inserem os acadêmicos em um tema de grande interesse, em um ambiente construído e conduzido por eles próprios sob orientação. Isso torna possível uma grande aquisição de aprendizado e experiência, desenvolvimento de raciocínio clínico-científico, ampliação do conhecimento, ao mesmo tempo em que se promove uma maior interação com a comunidade. Vale ressaltar que as habilidades adquiridas poderão ser adaptadas a outras áreas de atuação da saúde (MAFRA, 2006).

Beneficiário
Os beneficiários da ação serão os acadêmicos, docentes, profissionais de saúde e os indivíduos das comunidades interna e externa à UNIFAL-MG.