LIGA ACADÊMICA DE ANATOMIA - LAANAT

Apresentação
A Liga Acadêmica de Anatomia - LAANAT pretende realizar ações para promover conhecimento da Anatomia Humana e Comparada, por meio de diversas atividades extracurriculares e extraclasse em calendário a ser estabelecido no início de cada ano, na UNIFAL-MG e em outras instituições após contato e parcerias. As atividades relacionadas à Liga de Anatomia, em conjunto, tornam a formação de seus membros mais holística e abrangente, por meio do desenvolvimento de habilidades ligadas ao ensino, pesquisa e investigação científica e a interação entre a academia e a população, a partir de projetos sociais e educativos referentes ao corpo humano, além de confirmar o compromisso da universidade com a cidadania, ao promover o diálogo e a troca de saberes entre universitários e atores não-universitários na produção e difusão do novo conhecimento em torno da anatomia.

Introdução
A Liga Acadêmica de Anatomia - LAANAT trabalhará conteúdos fundamentais para a consolidação dos conhecimentos teóricos e práticos de anatomia humana e comparada. Serão realizados encontros semanais da Liga para discussão teórica de temas previamente escolhidos por seus membros, buscando associá-lo às várias situações do cotidiano profissional dos diferentes cursos da área de ciências biológicas e da saúde. Os alunos ministrarão aulas teóricas com enfoque pedagógico e científico de modo a contribuir para ampliação da capacidade de entendimento da totalidade do que é o ser humano. Além disso, serão propostas atividades práticas com o intuito de acrescentar conhecimento pormenorizado para o aperfeiçoamento destes acadêmicos para a atuação profissional. Sem dúvida, a anatomia é uma das matérias de maior relevância nos cursos da área de ciências biológicas e da saúde, desta forma, a criação da Liga acadêmica em Anatomia permitirá a interação entre alunos de diferentes cursos da UNIFAL-MG, com consequente troca de conhecimentos e experiências referentes ao corpo humano, e contribuirá para a formação dos futuros profissionais. Em acréscimo, os membros da Liga Acadêmica de Anatomia estabelecerão um diálogo com a sociedade, entendendo quais as necessidades, dúvidas, questionamentos e interesses de atores não-universitários, como professores, alunos e comunidade e assim, em uma via de mão dupla, aproximar estes atores que participam da ação de extensão na construção, ampliação e disseminação do novo conhecimento produzido na área de anatomia e corpo humano, apropriando-os de informações e capacidade de construir conhecimentos e, concomitantemente, permitirá a reconstrução do conhecimento dentro da universidade, uma vez que estará articulada com a realidade da sociedade.

Objetivo Geral
Visamos integrar a universidade à sociedade. Assim, aos acadêmicos, envolvidos na formulação e implementação da ação de extensão, haverá a possibilidade de construção de saberes aplicáveis em sua prática cotidiana, em seu fazer profissional ou vivência comunitária. Este último, obtido por meio de um diálogo com outros setores da sociedade, viabilizando não somente aspectos técnicos que visam um aprendizado teórico e prático de Anatomia, mas também a produção de conhecimentos de forma colaborativa, pela tematização e problematização do conhecimento articulado à realidade vivida pela sociedade, promovendo um conhecimento pluriversitário. Enquanto que, aos atores não-universitários, que participarão das ações de extensão, haverá a possibilidade de apropriação de informações e capacidade de produção do conhecimento. Podendo resultar estas atividades em trabalhos de pesquisa sobre os resultados obtidos.

Objetivos Específicos
1. Proporcionar a seus integrantes o estímulo necessário para a produção científica nas áreas de Anatomia Humana e Comparada em suas múltiplas interfaces. 2. Proporcionar aos seus integrantes atividades didáticas extracurriculares a partir da leitura de textos e participação em debates e seminários promovidos por professores, pós-graduandos, outros profissionais ou pelos seus próprios integrantes, visando o aprimoramento de docentes e discentes. 3. Organizar palestras, encontros científicos, exposições de trabalhos, programas educativos em conjunto com a comunidade externa à Universidade por meio das várias mídias. 4. Oferecer aos seus membros participantes condições na prática e aprendizado da anatomia, promovendo o desenvolvimento técnico-científico tanto da disciplina quanto do futuro profissional. 5. Promover integração entre anatomia humana e comparada e as demais disciplinas das grades curriculares através de discussões. 6. Manter intercâmbio científico e associativo com a comunidade e outras instituições; 7. Promover a interação dialógica em três instâncias: investigação temática, tematização do conhecimento articulada à realidade vivida e problematização do conhecimento junto à comunidade. 8. integração entre o sistema de ensino Universitário e a sociedade, a partir do relacionamento entre estudantes, docentes e a comunidade. 9. Confecção de modelos anatômicos pelos integrantes da ação de extensão (universitários e não-universitários) para serem usados nas aulas de graduação, nas palestras, para o Museu do DAnat e por demais setores da sociedade integrantes da ação. 10. Catalogar as peças naturais e artificiais do acervo do DAnat para posterior construção do atlas virtual, de acesso público. 11. Por meio destas ações incentivar nos diferentes públicos o interesse pela universidade e pela graduação e construir uma via de mão dupla, colaborativa, na construção do conhecimento.

Justificativa
A ação de Extensão justifica-se pelo entendimento da necessidade da extensão no estudo da Anatomia Humana, não bastando o ensino e a pesquisa, aplicada com teoria e prática. A LAANAT vivenciará um momento ímpar, sendo a primeira liga relacionada ao tema nessa universidade. Esse contexto determina e ratifica a necessidade da Ação de Extensão como parte da proposta ementada LAANAT. A Extensão como parte do projeto de Liga também pode ser justificada pela necessidade de expandir os campos do conhecimento gerado no Ensino e, principalmente, na Pesquisa. Não é o mero conhecimento do corpo, mas o saber do corpo do indivíduo vivo, objeto do conhecimento a ser difundido a partir da 'melhor morada': O Corpo Humano.

Beneficiário
Acadêmicos dos cursos da área de ciências biológicas e da saúde da UNIFAL-MG e membros da comunidade, em especial escolares.