ATENDIMENTO A PACIENTES COM NECESSIDADES ESPECIAIS

Apresentação
O projeto de extensão “Atendimento a Pacientes com Necessidades Especiais” foi proposto por causa dos pacientes que compareciam a Clínica Integrada necessitando de atendimento odontológico e, por suas condições especiais de saúde, não podiam ser atendidos de imediato pelos alunos (RESENDE, etal., 2005; FORNIOL-FILHO, 1998; BRASIL MINISTÉRIO DA SAÚDE, 1992).

Introdução
O projeto de extensão “Atendimento a Pacientes com Necessidades Especiais” foi proposto por causa dos pacientes que compareciam a Clínica Integrada necessitando de atendimento odontológico e, por suas condições especiais de saúde, não podiam ser atendidos de imediato pelos alunos (RESENDE, etal., 2005; FORNIOL-FILHO, 1998; BRASIL MINISTÉRIO DA SAÚDE, 1992). Para atendê-los os alunos necessitariam de um tempo maior de trabalho na disciplina de Clinica Integrada e de informações sobre a necessidade especial do paciente para realizar os procedimentos com segurança (FASSIMA, 2006). Desse modo os professores da disciplina reservaram horários na Clínica de Odontologia do 4º ano para atendimento odontológico destes pacientes tendo grande aceitação pela comunidade, recebendo encaminhamentos dos Centros de Saúde de toda região pertencente ao CISLAGOS (Consórcio Intermunicipal da Saúde), para realizar estes atendimentos.

Objetivo Geral
Atendimento de Pacientes com Necessidades Especiais e que necessitam de tratamento odontológico.

Objetivos Específicos
Formar profissionais que possam atender pacientes com Necessidades Especiais de maneira segura e responsável, uma vez que todos os procedimentos são realizados seguindo planejamento adequado para cada paciente, por professores especialistas e por alunos voluntários do 7º, 8º e 9º períodos do curso de Odontologia sob orientação e supervisão do professor responsável. Ações educativas que visam à melhoria das condições gerais e bucais do paciente, medidas de promoção de saúde bucal direcionadas aos próprios pacientes quando possuírem capacidade de entendimento, as famílias e sociedade que os rodeiam (Ex. orientação sobre higiene bucal, mudanças de hábitos alimentares, etc.). Periodontia: Ações preventivas relacionadas as doenças Periodontais, como uso correto da escova, do fio dental, do flúor, da clorexidina, e bochechos que auxiliam na prevenção e tratamento da doença. Ações curativas na área de Periodontia envolvem Raspagem, Curetagem, Cirurgias à Retalho, Frenectomia, Bridectomia, Extrações, Rizectomia, Gengivectomia, Gengivoplastia, e outras ações que se fizerem necessárias de acordo com o plano de tratamento de cada paciente, que será muitas vezes determinado não pelo problema bucal apresentado e sim por suas condições sistêmicas. Dentística: Ações preventivas relacionadas a dentística, o controle da cárie e manutenção das restaurações existentes, controle de placa através de escovação correta e uso de fio dental, remoção de excesso das restaurações para facilitar a limpeza e evitar inflamações gengivais, ajuste oclusal evitando traumas e polimento das restaurações. Ações curativas na área da Dentística Restauradora envolvendo restaurações Classe I, II, V de amálgama, restaurações Classe I, II, III,IV e V de resina composta e ionômero de vidro, reconstruções dentárias com resina composta ou ionômero de vidro, Próteses, facetas estéticas com resina composta e núcleos de preenchimento para posterior preparo protético, e outros procedimentos estéticos que se fizerem necessários como exemplo fechamento de diastema, transformação de Incisivo Conóide em Incisivo Lateral, etc. Endodontia: Ações preventivas relacionadas à endodontia evitando que o tratamento seja realizado sem necessidade e quando este se fizer necessário que seja realizado com os devidos cuidados, evitando ao máximo estresse no paciente, já que é um tratamento cansativo e meticuloso. Ações curativas na área da Endodontia, consiste em tratamentos endodônticos de dentes Unirradiculares, Birradiculares e Trirradiculares e Retratamento quando este se fizer necessário. Avaliação e acompanhamento dos dentes que apresentam lesões periapicais. O tratamento será determinado sempre que possível, pelas condições orgânicas do paciente e estágio da doença (BRASIL. MINISTÉRIO DA SAÚDE, 1992; BRASIL. MINISTÉRIO DA SAÚDE, 1993; FOURNIOL. FILHO, 1998). Prótese: Ações preventivas relacionadas à Prótese dental para que a sua instalação ou cimentação não traga problemas aos pacientes, ajustar as que o paciente já possui e verificar se as mesmas não estão causando dano ao periodonto. Um acompanhamento posterior ao término do caso finalizado, verificando toda a eficácia do tratamento e ajustes complementares, caso se justifique. Ação curativa na área de prótese dental consiste em planejamento em prótese fixa, preparo para moldagem, confecção de provisório e instalação de prótese unitária ou prótese fixa de até três elementos. Planejamento em PPR, moldagem, confecção de prótese parcial removível provisória e definitiva.

Justificativa
Este projeto foi concebido com a finalidade de atender a demanda dos pacientes com necessidades especiais na área de odontologia, de Alfenas e região, já que este muitas vezes não é realizado nas clínicas particulares e também por setor público. Estimular no aluno a vontade de trabalhar com estes pacientes, desmistificando este tipo de atendimento.

Beneficiário
Pacientes portadores de Necessidades Especiais