EDUCAMBIENTAL NA ESCOLA

Apresentação
O desenvolvimento da Educação Ambiental inclui muitas reivindicações sociais dos diferentes segmentos da população, no que diz respeito aos direitos e deveres do homem para com o ambiente. Este tema é atualmente presente, na busca pela melhoria da qualidade de vida, com foco em preservação, restauração e desenvolvimento ambiental, voltado para a transformação social dos cidadãos quanto ao respeito ao meio ambiente, destacando principalmente a geração de resíduos e a conscientização da população sobre este tema. O Projeto EducAmbiental na Escola, através de suas atividades, buscará a conscientização ambiental maciça junto à comunidade em geral, mas principalmente do público escolar da rede básica de ensino do município, que serão posteriormente os agentes multiplicadores. Desta forma, buscaremos incentivar as mudanças de comportamento nos participantes envolvidos nas ações, principalmente no que diz respeito à geração de resíduos e sua correta destinação, com enfoque na reciclagem.

Introdução
Perante as crises socioambientais mundiais do século XXI, projetos de Educação Ambiental (EA) no âmbito escolar, bem como em outros ambientes, são indispensáveis para a formação de indivíduos conscientes e com senso crítico a respeito das questões ambientais, sociais e econômicas (SANTOS e MORIYA,2015). Porém, apesar da “Educação Ambiental ser um elemento fundamental e permanente da educação nacional, devendo estar presente de forma articulada, em todos os níveis e modalidades do processo educativo, em caráter formal e nãoformal”, prevista na Lei n° 9795 (BRASIL, 1999), grande parte das escolas não possuem um plano de ensino sobre as problemáticas ambientais e quando apresentam, se resumem às aulas teóricas tradicionais e superficiais, com deficiência de atividades práticas ou debates reflexivos. Tais atividades, quando relacionadas com EA são de extrema importância para a aproximação dos estudantes com os problemas ambientais reais e por meio destes, surgem ideias simples que podem ser colocadas em prática no ambiente familiar e escolar. Embora essas atitudes aconteçam em nível local, espera-se que à médio e longo prazo ocorra a formação de cidadãos multiplicadores de consciência ambiental, social e econômica, que busquem o equilíbrio entre o desenvolvimento e a preservação da natureza. Entende-se por Educação Ambiental, os processos permanentes, no qual os indivíduos e a comunidade constroem princípios sociais, consciência e habilidades direcionadas a preservação do meio 2010). Esses processos podem contribuir para a formação de atores capazes de transmitir conhecimentos, valores, atitudes e competências e com isso conduzir as futuras gerações em direção a sustentabilidade socioambiental (ZOUVI & ALBANUS, 2013). Nesse sentido a Educação Ambiental pode ainda ser vista como um instrumento fundamental para a transformação do atual padrão de degradação ambiental (KONDRAT & MACIEL, 2013).

Objetivo Geral
Desenvolver projeto de Educação Ambiental, promovendo ações que incentivem na comunidade escolar e geral, as mudanças de comportamento e hábitos, em busca da conscientização ambiental e da reflexão sobre nosso Legado para as futuras gerações, no que diz respeito principalmente à geração e destinação de resíduos.

Objetivos Específicos
- Promover conscientização ambiental nas escolas estaduais, municipais e particulares, nos níveis de educação fundamental I, II e médio, do Município de Alfenas; - Orientar a comunidade escolar, para contribuir com a coleta seletiva no município, motivando-os para multiplicar as mudança de hábito e a conscientização junto à população em geral; - Conscientizar quanto ao descarte consciente de materiais recicláveis, bem como motivar a reciclagem de resíduos apropriadamente.

Justificativa
Na atualidade, os serviços e práticas consideradas ambientalmente corretas, têm ganhado cada vez mais espaço no dia a dia da sociedade. Isso porque, com a globalização de informações, bem como a aceleração das mudanças climáticas e da percepção que a raça humana é a principal responsável pelas consequências dos danos ambientais graves, em que todo o planeta é prejudicado, surgem debates sobre alternativas para minimizar tais problemas ambientais. De acordo com Marques (2014), uma mudança na conduta dos seres humanos é crucial para a reversão do quadro de degradação ambiental. Por isso é imprescindível que haja um investimento particular na conscientização da sociedade, para que se possa mudar tal realidade, utilizando da educação ambiental como método principal. A educação ambiental permite ainda uma abertura para novos conhecimentos. As pessoas envolvidas em tais atividades passam a adquirir juízo crítico e são capazes de adotar atitudes e comportamentos em valores construtivos, conforme Barcelos (2012). Por isso existe a preocupação e o compromisso com o desenvolvimento da educação ambiental. Surge a necessidade de debater de forma mais ampla, a importância da reflexão de que o ser humano é parte integrante da natureza e esta deve preservar. Assim, esse processo de aprendizagem necessita ser integrado nas escolas, como uma área que deve ser abordada desde as séries iniciais e ser contínua em todos os níveis e modalidades de ensino (BRASIL, 1999). É essencial e urgente, entender os verdadeiros riscos e as proporções do mau uso dos recursos ambientais, fomentando a ideia de que são necessárias práticas para inserir a criança ou jovem no meio, através de atividades relacionadas ao seu cotidiano e que estimulam um autoconhecimento e interesse pela preservação ambiental (DOURADO & BELIZÁRIO, 2012). Para tanto, é relevante a existência de projetos e instituições que promovam a educação ambiental, e estes devem estar aptos a levar informações para todos os níveis de ensino, promovendo o mesmo padrão de conhecimento e conscientização. Nesta mesma direção, de acordo com Guimarães (2005), a educação ambiental é um dos meios mais eficazes para provocar mudanças de hábitos nos educandos, onde o indivíduo, sendo criança ou jovem, reconhece e compreende melhor o ambiente do qual faz parte, para assim sentir o interesse em preservá-lo. Por meio desta modalidade, busca-se ampliar o olhar e o conhecimento das pessoas que ainda não possuem um senso crítico para a real situação em que o meio ambiente se encontra. Desta forma, o projeto EducAmbiental na Escola é relevante para a formação e conscientização dos indivíduos e da comunidade, sobre seu papel fundamental no meio ambiente. Buscamos contribuir para a construção da percepção do ser humano como integrante do meio ambiente, pois divulgaremos informações, levaremos conhecimentos sobre o ambiente como um todo e fomentaremos a aquisição de valores sociais e éticos no público envolvido. O projeto também irá auxiliar no contato dos graduandos participantes com os níveis de ensino básico, fundamental e médio. Dessa forma, proporcionando uma atuação direta junto aos alunos e professores da rede básica de ensino do município, fazendo com que ocorra uma familiarização dos acadêmicos dos diferentes cursos de licenciatura da instituição e futuros profissionais, com seu possível âmbito de trabalho.

Beneficiário
Comunidade escolar da rede básica de ensino do município, públicas (municipais e estaduais) e privadas, dos níveis fundamental e médio (total 22 escolas), além da população em geral, através dos agentes multiplicadores.